segunda-feira, 22 de março de 2010

ESPERANÇA

Aos poucos uma nova vida vai despertando sonhos adormecidos.
É a vontade de esquecer essa imensidão que já não cabe aqui no meu peito.
Dentro de mim é sempre noite, longe de você. Esse vazio que ninguém
preenche, essa falta, essa saudade, essa solidão interminável.
Apenas em DEUS, consigo adormecer minhas dúvidas e renovar esperanças.
Sempre na certeza de que você vai voltar pra me dizer adeus, olhando nos meus olhos.
Uma lágrima rola pelo meu rosto, quando lembro o dia em que partiu, sem nem
olhar para trás.Sem nenhuma palavra de ternura.Mas, eu não vou parar a minha busca,
até tentar entender.Eu não vou desistir desse sonho.Posso até desistir de você, mas
esse amor eu vou conquistar só para mim, custe o que custar.
Jamais vou me entregar, outra vez à emoções.Essa eterna procura de mim mesma, será
apenas para levantar ainda mais o muro desse silêncio. É esse o jeito de salvar esse
sentimento tão maravilhoso.Que me faz ainda tão plena, só de lembrar.
Da minha fragilidade quero reencontrar o brilho da minha vitória e da minha
paz.Mas, sempre terei em sua saudade o meu melhor momento.
Eternamente, suavemente, como uma pena à deslisar naturalmente, nas águas do oceano, ou dançando nas asas do vento e fazendo formas no ar e me trazendo nuvens de esperando, de um dia, um novo sol brilhar ao meu coração.
O novo ciclo me espera, num novo dia, como o sol que bate no meu rosto e a saudade de você que sempre me desperta todas as manhãs.
À cada dia uma nova página na minha vida, onde você é o tema principal e a essência.
Simplesmente, mais uma esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Passageira em busca da sabedoria.
Porque, somente quem está no amor é sábio, mesmo que não seja letrado e nem arquiteto das palavras.
Carinhosamente e sempre presente, mesmo que ausente.